quinta-feira, 10 de julho de 2008

Um ... dois ... três ... quatro ... cinco!!!


Encontrada em florestas húmidas e pastagens das Américas do Sul e Central, próximo a rios e lagos, é uma Capivara (Hydrochoerus hydrochaeris) o maior roedor vegetariano do mundo. Foi mamã de 5 lindos bebés. Alimenta-se quase exclusivamente de capinas e prefere grama curta, porque seus dentes permitem cortar folhas e talos bem rentes ao solo. Na água, gosta de mergulhar e comer algas que crescem nas pedras. Sempre que seu habitat natural sofre alguma alteração, costuma também invadir plantações, principalmente milheirais e canaviais. Não se aventura, porém, a afastar-me mais de 3 km do seu habitat.
É uma excelente nadadora, tendo inclusive pés com pequenas membranas. Reproduz-se na água e usa-a como defesa, escondendo-se de seus predadores. Pode permanecer submersa por alguns minutos e é conhecida por dormir submersa com apenas o focinho fora d'água.
Sua pelagem é escassa, grosseira e acastanhada, com reflexos escuros e avermelhados, seus olhos, orelhas e narinas são em linha, mede 1,30 m de comprimento, 0,5 m de altura e o seu peso ronda os 70 kg. Seus incisivos são gigantescos e medem, cada um, mais de 1 cm de largura, na superfície cortante. Os incisivos crescem sem parar e podem medir até 7 cm se não forem desgastados, coisa que consegue mordiscando pedras e troncos de árvore.
Vive em manadas e tem hábitos nocturnos. De manhã descansa na sombra, à tarde gosta de nadar e à noite sai para se alimentar. O grupo anda sempre em trilhas fixas, caminhando em fila, um com a cabeça sobre a anca do outro. Parada, adopta uma postura incomum entre os mamíferos: fica sentada, como um cão. Em terra é lenta, por isso, nunca se afasto dos rios ou lagos, onde convive bem com bois, cavalos ou mesmo jacarés (perigosos para os filhotes)

1 comentário:

JOSÉ NEVES disse...

Lindíssima esta familia, até parece que se puseram em pose só para a fotografia.

Já viste bem a sortuda que tu és?

Um beijinho com muita amizade.